Testando post via celular

image
Acho que não preciso de mais nada! Agora consigo blogar via cel. Feliz. Jornalista, fotógrafa e conectada 24h.

É primavera!

Azuis de Aparecida

Ontem aconteceu a aula de avaliação das fotos feitas dia 12 em Aparecida. Precisávamos escolher 15 fotos com a temática “A fé na Padroeira”. Das 508 que eu cliquei consegui escolher 30. Fiz outro pente fino e saíram 15 imagens. Uma aflição escolher fotos tão queridas! Algumas trazem um sentimento de superação, outras fazem parte de uma vivência pessoal, outras são apenas olhares presos em algum detalhe. Mas o fato é que as fotos clicadas na última hora e meia de um trabalho são sempre as mais pungentes, emocionantes, artísticas e profissionais.  Elas trazem uma certa constância do olhar. Uma coisa mais apurada!

Walter Firmo começou a avaliação por ordem alfabética e lá estava eu na segunda posição! Que nervoso! Seu jeito peculiar de falar e avaliar me deixou mais do que apreensiva, mas não doeu! Comecei dizendo que quando fiz minha inscrição para o WS eu já tinha um projeto na cabeça: fotografar azuis. Ele A-D-O-R-O-U!
Recebi quatro menções honrosas! As quatro fotos que ele gostou também agradaram ao meu olhar! Uma delas foi escolhida para ser ampliada em Fine Art. Os toques, críticas, sugestões e incentivo que o Walter deu a todos servem para toda uma vida!

Foi mais uma noite pra lá de especial com os Amigos da Van.

Este slideshow necessita de JavaScript.

P.S.1: A escolhida foi a da senhora olhando para dentro da Basílica com a imagem de Nossa Senhora no peito.

Nossa Senhora moderna | Minha escolhida

P.S.2: A galeria completa está aqui. Só curtir.

Semana Walter Firmo

Sem pretensão alguma fiz minha inscrição para a Semana Walter Firmo. Encontro com um workshop, exposição, saída fotográfica e mais um encontro para avaliação das fotos.

Não sabia que a Semana iria me trazer tantos acontecimentos. O primeiro deles foi constatar que existem pessoas de boa alma como o próprio Walter Firmo. O segundo uma aventura indescritível dentro de três vans (a história é longa). O terceiro conhecer (mais) pessoas que amam fotografar. O quarto conhecer Aparecida do Norte. O quinto me divertir horrores com pessoas semi-desconhecidas. O sexto… bem… a semana ainda não acabou!!! Segunda-feira tem mais e vou fazer outro post desta vez completíssimo de experiências.

Um tesouro

Hoje, na aula, uma amiga levou dois tesouros que ela comprou em Cuba. Fiquei tão feliz!
Me deu saudades da Roleiflex que tínhamos em casa, mas que perdeu-se nas inúmeras (14) mudanças de casa que eu, minha irmã gêmea, minha mãe e meu pai fizemos em 12 anos.

Passa para dar uma olhada nos tesouros.

Abaixo foto feita por uma menina de apenas 16 anos de grande talento e que aniversaria hoje: Michelle M.


 

O casal com fotos

Já tinha postada aqui sobre meu primeiro casal!
Agora o post vem com fotos graças à generosidade da Karim Scharf.

Corre que tem mais .

P.S.: O Wedding Day do casal você vê aqui.

 

 

Aperitivo

Hoje o post é em forma de aperitivo já que é sexta-feira.
Uma única foto e o restante você encontra .
Estou me preparando para um trabalho maior, então ontem fui visitar as roupas de minha futura cliente.

* Quero deixar registrado que ontem a neblina no Sistema Anchieta-Imigrantes estava mesmo além da conta! Que Deus ajude as pessoas que passaram pelo trauma do acidente. Assim seja.

Coleção Inverno. Um pouco da coleção verão aqui.

12 de setembro de 1970

De lá pra cá tanta coisa aconteceu!
Gostaria de escrever sobre tudo e todos.
Não vou. Agora é viver, mais.

Mais paciência. Mais amor no coração. Mais atitudes.

E trabalhar sempre, com fotografia.

Vamos!

Acabou

O curso acabou. Ficaram as pessoas que conheci por lá. A professora maravilhosa. As idéias que fervilham em minha cabeça e a certeza que amo realmente a fotografia.
Para mim ela é uma forma de escrever só que com imagens. Apesar de gostar muito de fotografar detalhes, estou adorando retratar pessoas que também me chegam cheias de detalhes! É o máximo!
O caminho é longo, as descobertas acontecem aos poucos mas a vontade é muita!

Veni, vidi, vici.
(Bom, o Vici ainda não aconteceu, mas o que seria Vencer senão trabalhar com o que se gosta?)

       

Curtam .

Tudo azul

Foi num dia bonito com pessoas simpáticas, que te olham na cara e você sente que estão dizendo a verdade, que fotografei um pequeno evento.
Na verdade, como já disse em outro post, às vezes sou chamada para “cobrir” um ou outro lançamento para colaborar aqui.
Faço porque gosto. Faço porque me dá prazer. Faço porque amo estar no meio de pessoas que falam a minha língua.

Então fui. Fotografei. Conversei. Foi feito o sorteio do brinde que ganhamos para as leitoras e tudo ficou mais azul com este trabalho.

Para frente, sempre!

P.S.1: Mais fotos aqui.

Nana + Laura = Júlia

A primeira gravidinha a gente nunca esquece! Sorridente, alegre, alto-astral… A Laurita é tudo isto e muito mais. Aliás, o casal é maravilhoso.
Quem me proporcionou a oportunidade de conhecê-los foi a Juliane Freitas.

Seu convite no último minuto do segundo tempo fez um bem danado pra mim e culminou com uma semana toda feliz, cheia de trabalho.

Obrigada, Julie.

 

Só agradecendo

Nestes 2 últimos dias só tenho a agradecer. Fotos, fotos e fotos. No decorrer da semana que vem vou postar o ensaio que fiz com um casal lindo que espera a Júlia. Enquanto isso fiquem com uma foto do Making Off – Aula com modelo. Se quiserem ver mais vão e curtam. Beijos.

A experiência

Em junho passado estava aqui gerenciando minhas redes sociais quando vi um pedido de ajuda de uma pessoa que sigo faz anos e visitava constantemente o site dela.
Rapidamente me ofereci. Ela aceitou. Esperei ansiosamente o dia da minha estréia.
Ele chegou! Eram duas opções e escolhi fazer a Casa Cor SP 2011.
Fui com a cara e a coragem já que ainda não tinha um equipamento adequado. Me apresentei na assessoria deles, fui muito bem recebida e comecei a fotografar.
Em menos de 10 minutos de trabalho a máquina dava sinais de que estava cheia. Surpresa! Eu tinha esquecido de colocar o cartão de memória.
Chorei apenas 2 segundos porque lembrei que o celular tirava fotos e comecei a clicar com ele. Quando descarreguei o aparelho em casa vi que o trabalho não estava perdido.

Ele está materializado aqui. E outras fotos eu mostro abaixo.

C’est lá vie!

P.S.1: A foto da bicicleta foi tirada pelo celular. Não ficou boa? 😉

P.S.2: Já CURTIU ali do lado?

Reciclando

Reciclar é preciso. Meu primeiro curso de fotografia foi feito em 1995 em PB com uma K1000. Depois veio o curso de Comunicação Social e mais fotografia. De lá para cá aposentei a K1000, a Canon EOS 500N e me joguei nas compactas.
A-D-O-R-A-V-A minha Lumix. Tive umas três. Elas me bastavam para o trabalho em assessoria.

Fiz mal. Parei no tempo e esqueci muita coisa, além de não distinguir para que serve cada botãozinho daqueles existentes numa 60D.

Este ano decidi largar as compactas. Consequentemente veio o curso de reciclagem. (Antes um WS e um grupo que fez e faz história. Conto em outro post.)

É na Escola São Paulo que estou me reciclando. As fotos que disponibilizo abaixo são de uma aula (Pentax/filme). Meus coleguinhas de classe nem sabem que estou postando fotos deles. Mas vão saber!

Avante!

P.S.: As fotos estão tal qual eu as tirei. Sem tratamento porque a “tia” precisa avaliar para dizer onde foi que eu errei.

Primeiro Casal

A generosa Karim Scharf me chamou para ajudá-la nesta e-session.
Tudo estava dependendo da meteorologia. Eu rezando para que o tempo melhorasse, ninguém desistisse  e que os astros se alinhassem.
Dia e horário confirmados para hoje. Fui!
Uma mochila, duas sacolas e vários apetrechos para a produção das fotos!
As toalhas da Tia Kika, o toque de última hora do Heitor: “Você não tem uma cesta de piquenique? Leva.”
Meu coração prateado, a bola da Manoela, a plaquinha by Ana Reis e muita coragem.
Coragem sim! Primeira vez com o casal Paulo e Renata (simpaticíssimos). Primeira vez no Jardim Botânico! Segunda vez com a  Karim! (Conto da primeira vez com ela em outro post).

Deu tudo certo e estou orgulhosa das minhas fotos. Só vou mostrar uma porque o casal por enquanto não pode ver as fotos.
Voilá!

O começo

Eu já tinha este blog fazia um tempo. Eram outros posts. Outra temática. Estava parado!
Resolvi então dedicar este endereço à fotografia. Sempre gostei de fotografar. Escrever também, afinal sou jornalista.
Como pretendo deixar fluir mais meu lado fotógrafa estou me reciclando, me aprimorando, conhecendo novas técnicas e principalmente pessoas.
Por mais que estejamos conectados são as pessoas que fazem a arte da fotografia sobreviver, viver.

Seja bem-vinda (o).

Se gostar, me escreva, terei imenso prazer em fotografar sua família, festa, barriguinha ou bebê.
Para o primeiro post escolhi uma garotinha muito meiga, canceriana nata.

Com vocês, Fernanda!